.


Extinção
(Arth Silva)

Amor e ódio
beijo sem pódio
Uma certeza incerta
“A pessoa certa”
(mas a hora errada)

O último romântico morreu de amor


2 comentários oníricos::

Curtt disse...

Réquiem ao último romântico.

Excelente.

Abraços.

sasaso23 disse...

Ainda bem que não morreu...Ainda tenho a força de quem sabe que a hora certa vai chegar!!!Espero que nessa hora não se cheguem pessoas erradas!!!



Este é um blog de sonhos cotidianos.
Toda e qualquer semelhança com fatos reais é mero plágio da vida.